Notícias

IDERCEXA - Investigación, Desarrollo y Energías Renovables para la mejora del tejido empresarial en Centro, Extremadura y Alentejo

 

O projeto IDERCEXA é financiado pelo programa de cooperação INTERRREG V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020. Este envolve 17 parceiros portugueses e espanhóis, onde está incluída a Universidade de Évora como parceira, sob coordenação da Agência Extremeña de la Energía (AGENEX).

O objetivo geral do projeto é, com a colaboração dos centros de investigação, desenvolver novos produtos/serviços de setores empresariais como o metalomecânico ou o eletrotécnico com base em tecnologias energéticas inovadoras, na região EUROACE. É esperado assim, conseguir criar um elo entre os centros de investigação e as empresas da região EUROACE que apoie a inovação e permita desenvolver, desenhar e fabricar novos produtos/serviços baseados em tecnologias energéticas inovadoras; bem como identificar, quantificar e valorizar as capacidades e I+D+i em tecnologias energéticas existentes nos centros de investigação; e aumentar o número de empresas que cooperam com os centros de investigação.

Os temas abordados no projeto são: Solar-Metal (térmico), Bioeconomia e Edificação sustentável. Como exemplo de Solar-metal, temos o possível aproveitamento de energia solar no apoio às agro-indústrias. A Bioeconomia envolve o aproveitamento eficiente de resíduos, sejam eles sólidos ou líquidos.  A Edificação sustentável requer, por exemplo, a melhoria dos consumos de energia em grandes edifícios e a mobilidade a redução das emissões de CO2 através da criação de meios de transporte elétricos ou de mais ciclovias, por exemplo.

Resumidamente, o trabalho consiste, pela seguinte ordem, em: identificar empresas/agro-indústrias de elevado consumo energético; selecionar algumas dessas empresas/agro-indústrias; instalar os protótipos experimentais desenvolvidos pelas empresas envolvidas no projeto; avaliar o desempenho/eficiência dos protótipos instalados.

Este projeto permitirá confirmar a importância da inovação e do papel que esta pode ter no uso energético sustentável. Um dos mais importantes pontos a realçar será a diminuição da atual dependência da energia que provém de combustíveis fósseis, através da utilização de outras fontes de energia renováveis, como é o caso da energia solar.

Publicado em 08.04.2018

O embaixador da República da Moldávia em Portugal, Dumitru Socolan, foi recebido pela Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, num encontro que decorreu na Reitoria da Universidade, com o objetivo de reforçar a colaboração entre a UÉ e instituições de ensino superior desse país da Europa Oriental.

Publicado em 29.03.2018

 Projeto “Conhecer e Prevenir o VIH-SIDA” 

Publicado em 28.03.2018

A primeira pós-graduação em associação na área da aeronáutica entre a Universidade de Évora e o Instituto Politécnico de Setúbal pode ser uma realidade já em Setembro, pelo menos foi essa a vontade expressa por Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora, na sessão de assinatura de um protocolo de colaboração entre as duas instituições que decorreu hoje, dia 27 de março, na Universidade de Évora.

Publicado em 27.03.2018

IDERCEXA é o acrónimo do projeto de investigação e desenvolvimento em Energias Renováveis que pretende promover a utilização deste tipo de energia, mostrar a importância da inovação no uso energético sustentável e promover a redução da atual dependência da energia que provém de combustíveis fósseis, para aplicação no tecido empresarial da zona Centro, Extremadura e Alentejo.

 

Publicado em 22.03.2018

O projeto ACUAsave é uma iniciativa do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM) da Universidade de Évora.
É um projeto de transferência de conhecimento científico e tecnológico desenvolvido ao nível do ICAAM-UE na área da Agricultura de Conservação, maquinaria agrícola inovadora e técnicas associadas.
Focado na problemática da gestão eficiente da água de regadio, e tomando a cultura do milho como exemplo, terá como destinatários principais dessa transferência de conhecimento tecnológico e científico, os produtores e as empresas de prestação de serviços específicos de apoio à agricultura.

Ver mais em http://acuasave.pt/

 

Publicado em 01.03.2018

 

Instalada no Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia já a partir de abril, a CRITICAL Software quer fixar talentos juniores e seniores, iniciando funções com 15 engenheiros que se encontra neste momento a recrutar. Neste contexto está ainda programada outro tipo de colaboração com a Universidade de Évora, nomeadamente, através de estágios, e apoios a teses de Mestrados e Doutoramento.

Publicado em 26.02.2018

 

A Sociedade Fraunhofer, que tem no currículo o desenvolvimento do MP3 e já tem um centro de investigação a opera no Porto, vai instalar um centro de investigação especializado na agricultura de precisão e gestão de água na Universidade  de Évora

 

A Fraunhofer-Gesellschaft e a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) assinaram um memorando de entendimento que serve de base à criação de um novo centro dedicado à investigação na área da agricultura de precisão e gestão da água na Universidade de Évora e na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. No passado dia 15 de Fevereiro a nossa Reitora assinou este importante documento de parceria.

Publicado em 26.02.2018

Entre 2015 e 2017 a Universidade de Évora esteve envolvida numa parceria estratégica financiada pelo Programa Erasmus+, com o objectivo de melhorar o processo de orientação profissional de alunos do Ensino Superior no momento de planearem uma carreira ligada à conservação ambiental e gestão da biodiversidade, contando com a participação de várias instituições húngaras (Barn Owl Foundation–líder do projecto–e Universidade Eötvös Loránd, ELTE), do Reino Unido (AMBIOS e Universidade de Exeter) e nacionais (SPEA e UÉ).

Publicado em 23.02.2018

A equipa do Repositório Digital da Universidade de Évora, congratula toda a comunidade académica pelos valores alcançados de publicações diponibilizadas no Repositório, e que colocam assim a Universidade de Évora como uma das Universidades portuguesas com mais registos depositados, aumentado a divulgação de todo o trabalho científico realizado pelos investigadores da Uevora.

Publicado em 23.02.2018