Notícias

Será realmente um erro aumentar as vagas do Ensino Superior no Interior? Não!

A estratégia para o Ensino Superior e Investigação não se compadece com quem concorda com quê a cada momento, deve antes obedecer a uma estratégia nacional refletida, por oposição a uma estratégia pessoal ou institucional. Um país que tem uma estratégia nacional não pode, não deve, mudá-la ao som de quem mais grita. Qual a estratégia dos últimos anos?

 

Leia o artigo de opinião completo: AQUI

Publicado em 30.10.2018

 

Os diálogos Mais Ciência, Melhor Sociedade estão orientados para estimular a discussão da atividade científica e tecnológica em curso em Portugal por investigadores no âmbito do Programa de Estímulo ao Emprego Cientifico, no âmbito de uma estratégia para a próxima década e com especial impacto na concretização da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, tendo como base os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Inclui sessões que pretendem estimular o debate sobre a participação de Portugal e das instituições Portuguesas no futuro 9º Programa Quadro Europeu para a Investigação e Inovação, 2021-2027, “Horizon Europe”.

 

Mais Ciência, Melhor Sociedade inclui sessões de apresentação da atividade cientifica dos novos investigadores, da sua experiências e expectativas, e ainda a apresentação de planos de emprego científico por responsáveis institucionais.

 

As sessões, a iniciar em Lisboa e no Porto, terão continuidade num ciclo de encontros em Centros Ciência Viva, a realizar a partir de Novembro, em todo o país. Estas sessões, orientadas para os mais jovens e a população escolar, são abertas ao público.

 

As apresentações que integram os programas dos encontros Mais Ciência, Melhor Sociedade são asseguradas por investigadores e responsáveis de instituições apoiadas no âmbito do Programa de Estímulo ao Emprego Cientifico em 2018, abrangendo :

 

500 contratos de trabalho de investigador doutorado em todas as áreas científicas e em quatro categorias contratuais: i) 276 contratos de Investigador Júnior; ii) 154 de Investigador Auxiliar; iii) 66 de Investigador Principal; e iv) 4 de Investigador Coordenador;

400 contratos de trabalho de investigador doutorado em todas as áreas científicas no âmbito de 58 planos de emprego científico por instituições e/ou consórcios de instituições;

Mais de 3600 contratos de trabalho de investigador doutorado em todas as áreas científicas no âmbito de novos projetos de I&D e da aplicação do novo regime legal de estímulo ao emprego científico;

 

 

mais informações: AQUI

Publicado em 29.10.2018

Os 25 anos do Curso de Biologia na Universidade de Évora (UÉ) foram assinalados através de um evento comemorativo que reuniu, no passado dia 20 de outubro, no Colégio do Espirito Santo,  professores, investigadores e atuais e antigos alunos da licenciatura em Biologia.

Publicado em 25.10.2018

No passado dia 19 de Outubro, decorreu em Macau a ‘1ª Competição “Internet +” de empreendedorismo e inovação para estudantes universitários entre China e países de língua Portuguesa.

Publicado em 24.10.2018

Enviar para o Espaço um microlançador de satélites (foguetão) a partir da futura base da ilha de Santa Maria, nos Açores, é o objetivo do programa “Preparação de Tecnologias Espaciais e Blocos de Construção” que vai arrancar em fevereiro de 2019, com a participação da Universidade de Évora (UÉ).

Publicado em 23.10.2018

Os SCC e os SI vêm lançar o desafio para que até final de Outubro possamos realizar uma iniciativa de colaboração conjunta para aumentar o número de registos em Acesso Livre no RDPC e dessa forma aumentar a visibilidade da produção científica da Universidade de Évora.

De 22.10.2018 a 31.10.2018

O Arquivo.pt volta a distinguir em 2019 propostas que utilizem, de forma útil e inovadora, a informação web do passado, com um total de 15.000€ em prémios.

Publicado em 17.10.2018
Entrevista a Maria Ilhéu

 

Maria Ilhéu coordena na Universidade de Évora, desde 2014, o Projeto LIFE Saramugo, que tem como principal objetivo a conservação das populações de Saramugo em 3 sub-bacias do rio Guadiana (Xévora, Ardila e Vascão), e a consequente inversão da tendência de declínio da população de Saramugo, classificada em Portugal como “Criticamente em Perigo”.

Publicado em 17.10.2018

A Universidade de Évora (UÉ) acolheu no dia 9 de outubro, a Audição Pública com a temática do desenvolvimento sustentável, abrangendo, de forma livre, os subtemas política agrícola, desenvolvimento rural e florestas, mar e pescas, demografia, ambiente e alterações climáticas e modernização da administração. Durante a sessão, representantes de diversas entidades tiveram oportunidade de defender ideias, expor expetativas e apresentar propostas à Comissão Eventual de Acompanhamento do Processo de Definição da Estratégia Portugal 2030, presidida pelo deputado João Paulo Correia.

Publicado em 11.10.2018
Repositórios Digitais

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior assinou recentemente com o seu homólogo do Brasil um Memorando de Entendimento para a cooperação entre os dois países em matéria de Ciência Aberta.

Publicado em 09.10.2018