Criadas "ilhas de biodiversidade" debaixo de postes de eletricidade no Alentejo
A Universidade de Évora e a REN – Redes Energéticas Nacionais estão a criar “ilhas de biodiversidade”, debaixo de postes de linhas de transporte de energia, para que funcionem como refúgios para pequenos animais.

A iniciativa, revelou hoje a REN, resulta de um protocolo assinado com a Universidade de Évora (UÉ) no âmbito de um projeto mais vasto e pioneiro, o LIFE LINES - Redes de Infraestruturas Lineares com Soluções Ecológicas -, coordenado pela academia alentejana e que envolve outros seis parceiros.

O protocolo entre a REN e a UÉ visa o “estudo e conservação de comunidades de animais debaixo das linhas de transporte de energia”, adiantou a empresa, realçando que a parceria permite criar “verdadeiras ‘ilhas de biodiversidade’ debaixo dos postes”.

 

Noticia completa: AQUI

 

Saiba mais sobre o projecto LIFE LINES no site do projecto: AQUI

Publicado em 31.10.2018